A Importância dos Estudos Europeus na Academia Portuguesa

  • Carlos Castilho Pais Universidade Aberta
Palavras-chave: Ensino superior; Estudos Europeus

Resumo

Comunicação proferida no dia da Europa, a convite da Associação Portuguesa de Estudos Europeus. Partindo de uma 'ideia' de universidade, interroga-se a noção de 'Estudos Europeus' e referem-se alguns cursos oferecidos pelo ensino superior português, com este nome ou nome similar. Advoga-se que seja dado maior destaque, nesses cursos, maior desenvolvimento à componente de 'cultura portuguesa' nos seus planos de estudo.

Biografia Autor

Carlos Castilho Pais, Universidade Aberta

Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (reconhecimento, 1985) e Doutorado em Estudos Portugueses pela Universidade Aberta (2000). Exerceu a docência no Instituto Politécnico de Portalegre e na Universidade Aberta.
Tem dedicado a sua atividade científica – publicada em Portugal e no estrangeiro (Espanha, França, Brasil) – ao estudo da tradução e à comunicação em geral. É atualmente membro do Centro de Investigação em Artes e Comunicação (Polo UAb – Universidade do Algarve). Fruto da sua investigação, editou, entre outras obras, a primeira antologia sobre tradução em Portugal (Teoria Diacrónica da Tradução Portuguesa – Antologia (Séc. XV-XX), Lisboa, Universidade Aberta, 1997). Foi o primeiro presidente da Associação Ibérica de Estudos de Tradução e Interpretação (AIETI).
Na Universidade Aberta desempenhou, entre outros cargos, o de Presidente do Conselho Pedagógico (2016-2018); faz parte das comissões científicas das revistas Hermeneus, revista de la Facultad de Traducción e Interpretación da Universidad de Valladolid, MONTI (Monografías de Traducción e Interpretación) da Universidade de Alicante, Cadernos de Tradução da Universidade de Santa Catarina (Brasil).

Publicado
2020-04-29
Secção
Artigos