A construção de comunidades virtuais de aprendizagem na formação de supervisores e líderes pedagógicos

  • Isolina Rosa Oliveira LE@D/Universidade Aberta
  • Branca Miranda LE@D, Universidade Aberta
  • Carlos Barreira CEIS20, Universidade de Coimbra
Palavras-chave: colaboração; comunidade virtual de aprendizagem; interação entre pares; inovação educativa; formação de professores; supervisão e liderança pedagógica.

Resumo

A construção de comunidades de aprendizagem profissional constitui uma tentativa de colocar as práticas dos professores no centro dos processos formativos. A formação dessas comunidades pode ser potenciada em ambientes virtuais de aprendizagem quando assentes no trabalho colaborativo e na reflexão sobre as práticas educativas. Neste pressuposto foi desenvolvida uma oficina de formação com professores de duas escolas/agrupamentos de escolas portuguesas com funções de coordenação e liderança pedagógica. Esta ação faz parte de um projeto em desenvolvimento desde 2017 que envolve a colaboração entre escolas e duas universidades visando a promoção do desenvolvimento profissional docente.

Este artigo apresenta o processo de construção das comunidades virtuais de aprendizagem, analisa e discute os resultados obtidos através das narrativas e artefactos produzidos pelos participantes, das suas interações nos fóruns virtuais e dos relatórios reflexivos individuais realizados no final da ação. Os resultados evidenciam a construção de novos conhecimentos bem como o refazer de crenças e atitudes sobre o papel da supervisão pedagógica como estratégia para a inovação das escolas e no desenvolvimento profissional docente. Argumenta-se sobre a relevância dessas comunidades como um instrumento poderoso na formação de líderes e supervisores pedagógicos pela possibilidade de desenvolvimento de competências reflexivas, colaborativas, comunicacionais e de liderança.

Publicado
2020-05-25