Análise de vídeos como metodologia de investigação: revisão sistemática

  • Armando Sousa Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Enfermagem, da Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Portugal
  • Maria Helena Presado Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Enfermagem, da Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Portugal
  • Mário Cardoso Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Enfermagem, da Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Portugal
Palavras-chave: Análise de Vídeo; metodologia; investigação; recolha de dados

Resumo

A evolução tecnológica tem permitido a gravação-vídeo de momentos da vida quotidiana, produzindo uma fonte inesgotável de registos dos comportamentos humanos, sugestivos de análise. A complexidade e especificidade dos dados recolhidos através do vídeo, torna-o numa metodologia interessante de investigação qualitativa. Este método de colheita e de análise de dados, permite a abrangência do fenómeno, o distanciamento emotivo do investigador. A visualização repetida dos vídeos facilita a observação e transcrição do fenómeno, encontrando achados que poderiam passar despercebidos noutras metodologias. A estruturação e o rigor científico na análise dos vídeos, confere credibilidade ao estudo e minimiza os vieses. É fundamental um bom planeamento desta metodologia, quer no desenho do estudo quer na seleção dos materiais e equipamentos. O processo de transcrição dos vídeos pode ser longo e complexo, logo, é fundamental o domínio do processo, analisando, apreendendo e testando. Esta revisão sistemática pretende analisar as metodologias adotadas no decorrer dos processos de análise de vídeos e identificar os softwares que facilitam a transcrição, codificação, categorização e análise de vídeos. Pretende dar resposta à: Qual a metodologia de análise de vídeo mais eficaz, no estudo de um fenómeno?

Publicado
2020-01-08
Secção
Reflexão teórica ou revisão crítica de literatura