Acesso ou Registar-se para submeter um artigo.

Condições para Submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • Os ficheiros para submissão devem ser enviados em formato Microsoft Word, letra Tahoma
  • Quando disponíveis, devem ser fornecidos URLs para as referências.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Instruções para Autores.
  • Os artigos submetidos a apreciação não deverão conter o(s) nome(s) do(a) autor(es). Eventuais referências a trabalhos seus deverão ser identificadas por autor/autores. Apenas na versão final para publicação deverão constar estes elementos.
  • As citações e referências devem seguir as normas indicadas no Publication Manual of the American Psychological Association, 6th edition, da American Psychological Association (APA).
  • Todos os textos submetidos à revista deverão estar de acordo com as normas de formatação da revista indicadas nas Instruções para Autores.
  • A contribuição é original e inédita e não se encontra sob revisão ou para publicação junto de outra revista. Caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao Editor".

Instruções para Autores

Os textos submetidos incluídos em a) Reflexão teórica ou revisão da literatura e b) Estudos empíricos / investigações e práticas devem ser contribuições originais e não deverão estar em apreciação em nenhuma outra revista ou outro tipo de publicação.

As citações e referências devem seguir as normas indicadas no Publication Manual of the American Psychological Association, 6th edition, da American Psychological Association (APA).

Todos os textos submetidos à revista deverão estar de acordo com as normas de formatação a seguir enunciadas.

A direção da revista reserva-se o direito de rejeitar liminarmente os textos que não obedeçam às condições enunciadas e às respetivas normas de formatação.

A direção da equipa revista promoverá a deteção de plágio nos artigos submetidos para publicação, rejeitando os que não oferecerem garantias de originalidade.

Os textos de reflexão teórica ou revisão crítica de literatura deverão desejavelmente conter entre 5000 e 8500 palavras e contemplar: (i) título escrito na língua de apresentação do artigo; (ii) resumo com 200 palavras, escrito na língua de apresentação ao artigo, bem como em inglês (ou português se o original é em inglês), seguido de 3 a 5 palavras chave; (iii) introdução que releve a pertinência do tema abordado; (iv) revisão da literatura que inclua aspetos relevantes e atuais; (v) sistematização dos contributos do artigo para a área em análise; (vi) bibliografia.

Os textos de estudos empíricos / investigações e práticas deverão desejavelmente conter 4000 e 8500 palavras e contemplar: (i) título escrito na língua de apresentação do artigo; (ii) resumo com 200 palavras, na língua de apresentação do artigo e em inglês (ou português se o original é em inglês), seguido de 3 a 5 palavras chave; (iii) quadro concetual que presidiu à investigação; (iv) problema e questões de investigação; (v) descrição dos procedimentos metodológicos usados; (vi) análise e discussão dos resultados; (vii) conclusões e bibliografia.

Normas de formatação

1)Formato de página: tamanho A4, orientação vertical, margens de 3 cm – superior, inferior, esquerda e direita.

2)Texto em word, letra formato tahoma, com figuras, tabelas, esquemas e ilustrações inseridas no corpo de texto.

3Título: Maiúsculas, tahoma 12, negrito, parágrafo simples, espaçamento antes de 8 pontos e depois 16 pontos, centrado

4) Identificação dos autores: O nome, instituição e email de cada autor deve figurar com letra tahoma, alinhados à esquerda, em linhas separadas.  Nome do(a)s autor(es)  com tahoma 11, sem espaços antes e depois; instituição e emal com tahoma 10, sem espaços antes e depois. 

5) Resumo: O resumo com um máximo de 200 palavras, letra Tahoma 11, espaçamento simples, com  espaçamento de 6 pontos antes, sem espaçameno depois, justificado e sem indentação. Deve ser escrito na língua de apresentação do texto e em inglês; se originalmente o texto está escrito em inglês, o resumo deve ser escrito noutra das línguas aceites pela revista. Não usar abreviaturas, siglas, citações, referências bibliográficas ou notas de rodapé.

6) Palavras chave: Cada artigo deve indicar 3 a 5 palavras chave, separadas por ponto de vírgula; manter o mesmo tipo de formatação indicado para o resumo.

 7) Títulos e subtítulos para cada seção: Alinhados à esquerda, com espaçamento antes de 6 pontos e zero pontos depois; para os títulos usar letra tahoma 12, em negrito; para os subtítulos usar tahoma 11, negrito.

8) Corpo de texto: Letra tahoma 11, justificado. Espaçamento entre linhas de 1,15, espaçamento antes 6 pontos, depois zero pontos.

9) Notas de rodapé:Tahoma, tamanho 10, justificado e espaçamento entre linhas simples.

10) Citações - citações que ultrapassem duas linhas com formatação em parágrafo próprio. Usar letra Tahoma,  tamanho 10. Parágrafo justificado, simples, com indentação à esquerda e à direita de 1 cm, com espaçamento antes de 6 pontos e espaçamento zero depois.

 11)Tabelas - letra Tahoma, tamanho 9. A legenda deve ser colocada por cima, em letra tahoma, tamanho 10, justificada. Espaçamento entre linhas simples, com espaçamento antes de 6 pontos e zero pontos depois.

12) Gráficos/Ilustrações/Figuras - O título deve ser colocado por baixo, com letra tahoma, 10,  justificado, com espaçamento entre linhas simples, com espaçamento antes de zero pontos e 6 pontos depois. Imagens em formato JPEG/TIF, com resolução 120 dpi.

13) Referências - As referências devem seguir as normas APA, 6ª edição. Deve ser usada letra tahoma, tamanho 11, justificado, com avanço pendente com 0,8 cm . Espaçamento antes de 6 pontos e depois de zero pontos.  O espaçamento entre linhas simples.

Ex:

Castells, M (2007). A Sociedade em Rede. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Morgado, L., Neves, A., Teixeira, A. (2016). Acolhimento e Integração como valor estratégico: análise do sistema institucional de apoio ao estudante virtual. In M. Cruz  et al (Eds). Claves inovadoras para la prevención del abandono en instituciones de educación abierta y a distancia,  27-56.  Republica Dominicana: Ediciones UAPA.

Pereira, A., Oliveira, I., Tinoca, L., Pinto, M.C. & Amante, L. (2015). Desafios da Avaliação Digital no Ensino Superior. Lisboa: Universidade Aberta.

Pereira, A., Tinoca, L. & Oliveira, I. (2017)   Peer assessment in an Online Context: What Do Students Say? In Elena Cano & Georgeta Ion (Eds). Innovative Practices for Higher Education Assessment and Measurement, 248-270. IGI GLOBAL.

Pestana, F., & Cardoso, T. (2017). Integração curricular da Wikipédia no ensino básico: uma proposta de formação de professores. Educação, Formação & Tecnologias, 10 (1), 20-35.

Silva, J. C., Amante, L. & Morgado, J. (2017). School climate, principal support and collaboration among Portuguese teachers.  European Journal of Teacher Education, 40 (4), 505-520.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços fornecidos nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.