O padrão OBAA no desenvolvimento de repositórios de objetos de aprendizagem: o caso de literacia dos oceanos nos Açores

  • Armando Mendes et al. Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade dos Açores
Palavras-chave: repositório de objetos de aprendizagem, literacia oceânica, aplicações inteligentes.

Resumo

Neste artigo descrevem-se os recursos existentes na Web para promoção da literacia oceânica. São descritos diversos projetos e sites e são realçados pontos fortes e fracos de cada um. Dadas as limitações identificadas, que incluem metadados insuficientes sobre os objetos de aprendizagem registados e falta de suporte para aplicações inteligentes, sugere-se o projeto seaThings como solução. Este projeto apresenta uma perspetiva multidisciplinar para promover a literacia oceânica, implementa um repositório de objetos de aprendizagem e uma federação de repositórios, todos baseados em OBAA, um padrão versátil e inovador que vai permitir a construção de aplicações inteligentes com fins educacionais, para serem utilizadas em escolas, centros de ciência e outras instituições educacionais.

Publicado
2019-12-06
Secção
Artigos